SP inicia curso de capacitação paralímpica para profissionais de educação física





Formação gratuita promove a prática dos esportes adaptados para a inclusão de estudantes com deficiência



O Governo de São Paulo deu início nesta terça-feira (14) às aulas do curso do Programa de Desenvolvimento Paralímpico no bairro da Água Branca, zona oeste do município de São Paulo. A iniciativa gratuita das secretarias estaduais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e de Esportes disponibiliza 200 vagas para professores de educação física das redes pública e privada, alunos de graduação do último ano de educação física, e profissionais envolvidos com atividades esportivas (clubes, entidades e associações) para que sejam capacitados tecnicamente em modalidades paralímpicas, voltadas às pessoas com deficiência.

Durante os quatro dias do programa na cidade, os alunos receberão capacitação técnica teórica e prática do esporte paralímpico em até oito modalidades: atletismo, futebol de cegos, halterofilismo, parabadminton, judô, voleibol sentado, tênis de mesa e natação. As aulas ocorrem de 14 a 17 de maio no Clube Baby Barioni – Rua Dona Germaine Burchard, 451 – Água Branca – São Paulo – SP.

“O Programa de Desenvolvimento Paralímpico é uma das principais iniciativas do governo estadual em prol da inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. Ele não apenas tem um impacto transformador ao ensinar professores formas de incluírem seus alunos com deficiência nas atividades físicas, mas também contribui para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, afirma o secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa.

As inscrições podem ser feitas pelo site paralimpico.com.br ou presencialmente no local do curso no decorrer das aulas (sujeito à disponibilidade). Os participantes serão certificados ao final da capacitação.

“Quanto mais o poder público trabalha na propagação de conteúdo sobre o esporte paralímpico, maiores serão as chances de construirmos um estado e um país com uma cultura paradesportiva forte. A capacitação de profissionais de Educação Física é a ponta inicial deste processo”, destaca a secretária de Estado de Esportes, coronel Helena Reis.

Programa de Desenvolvimento Paralímpico
Criado em 2021, por meio de parceria entre as secretarias estaduais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e de Esportes, o programa já capacitou 7 mil profissionais de educação física em mais de 50 cidades do Estado de São Paulo. Só no ano passado, foram 3,8 mil. Neste ano, o projeto passará por 36 cidades.

Confira a agenda:
Osasco – 21/5 a 24/5
Jaú – 11/6 a 14/6
Embu das Artes – 2/7 a 5/7
Tatuí – 23/7 a 26/7