Agência Minas Gerais | Governo de Minas envia mais duas aeronaves para auxiliar no socorro às vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul

O Governo de Minas, por meio do Gabinete Militar do Governador (GMG), reforça o apoio nas ações de busca e salvamento de vítimas das inundações provocadas pelas recentes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul (RS). O governador Romeu Zema anunciou, neste domingo (5/5), o envio para o estado gaúcho de mais duas aeronaves, entre elas um helicóptero, com recurso de sobrevoo noturno.

“Nós mineiros estamos unindo forças para ajudar o Rio Grande do Sul neste momento difícil, em especial aquelas áreas afetadas pelas enchentes. Estamos enviando mais duas aeronaves, como um helicóptero com visão noturna, que vai trabalhar durante a noite no resgate de pessoas que estão em áreas isoladas”, disse o governador, que acompanhou o embarque das equipes, no Aeroporto da Pampulha, em BH.

Outra ajuda importante do Governo de Minas, por meio da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), é o envio de uma equipe composta por 18 técnicos para auxiliar na retomada da operação das estações de tratamento de água.

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) já estão no Rio Grande do Sul desde a última quinta-feira (2/5). Ao todo, 28 militares participam das ações, a maior equipe de apoio em missões especiais fora do estado. Eles trabalham nas operações de resgate nas regiões castigadas pelos fortes temporais, com cidades totalmente alagadas, rios transbordando e dezenas de mortes já registradas, além do grande número de pessoas desabrigadas e desalojadas. 

Campanha de arrecadação

O Serviço Social Autônomo (Servas) – e a Defesa Civil de Minas Gerais lançaram neste domingo (5/5) uma campanha para arrecadar doações destinadas às comunidades afetadas pela tragédia, no Rio Grande do Sul.

Água mineral, cobertores, produtos de limpeza e de higiene pessoal são alguns dos itens essenciais que estão sendo solicitados para ajudar as famílias atingidas. Além desses itens, a contribuição em dinheiro também pode ser feita ao Programa de Proteção Emergencial do Servas, por meio da chave PIX: ppe@servas.org.br.

Para facilitar a colaboração de quem desejam ajudar, um ponto de coleta será a sede do Servas: Avenida Cristóvão Colombo, 683, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte. O local está disponível para receber doações de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

 

  • Apoio de Minas ao Rio Grande do Sul


Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG)

– Dois helicópteros para atuar nos regastes, sendo um deles com visão noturna.

Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG)

– 28 bombeiros militares especializados em busca, salvamento em enchentes, inundações e grandes desastres;

– Três viaturas de salvamento;

– Um caminhão que transporta diversos materiais e equipamentos logísticos;

– Um veículo apropriado para a condução de dois cães de busca.

Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG)

– Um avião Cesna Caravan, com capacidade para transporte de até nove passageiros. A aeronave também pode levar equipamentos e fazer transporte de feridos em distâncias maiores;

– Um helicóptero Esquilo, operado em parceria com o CBMMG, capaz de realizar resgates e transporte de feridos.


Coordenadoria Estadual de Defesa Civl (Cedec-MG)

– Quatro agentes da Defesa Civil de Minas Gerais;

– 370 colchões.


Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa)

– 20 técnicos da Copasa seguem para o Rio Grande do Sul para auxiliar na retomada da operação das estações de tratamento de água, dar manutenção em painéis elétricos e moto-bombas etc. A equipe inclui especialistas para ajudar no tratamento e qualidade da água.