Música e dança reavivam sonhos na Casa do Idoso Norte

Cláudio Souza


Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Colaboração do estagiário Daniel Linhares

Dança, música, alegria de viver, alto astral e muita disposição transformaram a manhã desta sexta-feira (26) em um momento mágico na Casa do Idoso Norte.

Em mais um evento promovido pela Prefeitura de São José dos Campos, os frequentadores da unidade se divertiram e se emocionaram durante o Festival de Dança.

Mesmo quem não subiu ao palco para se apresentar não ficou parado. As palmas, gritos e gingados nas cadeiras foram a tônica.

Teve de tudo. Jazz, sapateado, dança do ventre e dança cigana embalaram os idosos e reavivaram sonhos e memórias afetivas enquanto as músicas se alternavam no aparelho de som.

E as emoções não param. Nesta segunda-feira (29), festivais de música agitarão as Casas do Idoso Centro, Sul e Leste (confira programação abaixo).

Vitalidade. Dona Almerinda deu show /Foto: PMSJC

Lições de vida

Prestes a completar 92 anos, a aposentada Almerinda Carvalho Domingues deu um show durante a apresentação de dança cigana.

Sempre com um sorriso no rosto e muita disposição, ela é uma lição de vida, provando que a idade avançada não é empecilho para nos mantermos ativos e saudáveis física e emocionalmente.

“Frequento a Casa do Idoso Norte desde que foi inaugurada [em 2014]. Aqui é minha casa e minha família. Gosto muito das atividades e amo dançar. Não perco as aulas, as apresentações de dança e os bailes noturnos”.

A aposentada Célia Aparecida dos Santos, que tem 68 anos, não mediu esforços e deslocou-se do Novo Horizonte, na região leste, até Santana, na região norte, para acompanhar o festival e ver uma amiga dançar.

“Estou muito feliz de estar aqui. Gosto muito de música e de dança. Voltei no tempo e reavivei muitas lembranças boas”, disse.

Sintonia. Dançarinos e funcionários da Casa do Idoso Norte / Foto: PMSJC

Felicidade

Como disse o escritor inglês Aldous Huxley, mundialmente famoso pelo livro “Admirável Mundo Novo”, “depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música”.

Nos bailes da vida, os frequentadores das Casas do Idoso de São José têm muito a nos ensinar.

Em todos os ritmos e melodias, eles são os protagonistas, compondo lindas trilhas sonoras e provando que nunca é tarde para continuar sonhando e sendo feliz.

Emoção. Cerca de 200 pessoas acompanharam as apresentações / Foto: PMSJC

Serviço

Mais música

Segunda-feira (29)

Mundiais de Música a partir das 9h

• Casa do Idoso Sul (avenida Andrômeda, 2.601, no Bosque dos Eucaliptos)

•  Casa do Idoso Leste (rua Cidade de Washington, 164, no Vista Verde)

Festival de Música a partir das 14h30

Casa do Idoso Centro (rua Euclides Miragaia, 508)

Saiba mais sobre as Casas do Idoso.

 


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Apoio Social ao Cidadão