Sorocaba sedia 4º Fórum Paulista do Transportador Escolar neste sábado (13) – Agência de Notícias



12 de abril de 2024

18:41

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)

 

Foto: Arquivo/Secom

 

Sorocaba será sede, neste sábado (13), do 4º Fórum Paulista do Transportador Escolar. O evento ocorrerá a partir das 8h, no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), que fica na Avenida Itavuvu, 11.777, e reunirá representantes de mais de 25 municípios da região.

O Fórum Paulista do Transportador Escolar foi idealizado no ano de 2023, por condutores e gestores escolares das cidades de Sorocaba, Itapetininga, Osasco e Várzea Paulista. Na atual edição, conta com o apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio do PTS e da Urbes – Trânsito e Transportes, tendo como objetivo discutir questões relevantes para essa categoria, que diariamente é responsável pelo transporte dos alunos das cidades.

O evento contará com palestras ministradas por representantes da Urbes, Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) e Instituto de Pesos e Medidas (Ipem).

Entre os principais temas discutidos estarão: novos procedimentos realizados pelo Detran nas vistorias escolares; emissão do Laudo do Cronotacógrafo e os avanços tecnológicos utilizados pela Urbes em Sorocaba, como a emissão on-line de seus alvarás e geração de QRCode para leitura dos interessados na contratação deste serviço.

Segundo a Urbes, o Fórum fomenta discussões para o constante aprimoramento do setor, sendo que Sorocaba conta atualmente com uma frota de 584 veículos habilitados para atuar no transporte escolar. Semestralmente, eles passam por processo de vistoria, que visa garantir aos alunos a segurança durante todo o trajeto.

No município, a categoria do transportador escolar teve avanços, aponta a Urbes, como o próprio sistema on-line de renovação de Alvará. Também há um aplicativo em que os interessados em contratar o serviço pode realizar busca pelo serviço disponível. Outro diferencial é que os condutores escolares podem utilizar, para ultrapassagens, os corredores destinados ao sistema BRT de transporte coletivo de passageiros e, com isso, obter ganho substancial de tempo no trajeto realizado.