Governo de SP autoriza projeto para nova estação da Linha 10-Turquesa em Santo André





Governador anuncia projeto para novo equipamento da CPTM no local da antiga parada Pirelli e que também fará parte da linha até Guarulhos



A Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que liga a capital a quatro municípios da Grande São Paulo, terá uma nova estação para atender a uma demanda antiga dos passageiros da região. Nesta segunda-feira (8), o governador Tarcísio de Freitas foi a Santo André e autorizou a elaboração dos projetos para a construção da estação ABC, que vai funcionar no mesmo local da antiga parada Pirelli, desativada em 2006.

“É uma estação que vem sendo demandada há muito tempo e que colocamos como prioridade. Foi um compromisso que nós assumimos e determinamos à CPTM o início imediato dos projetos de engenharia levando em consideração, num primeiro momento, o atendimento à Linha 10 e também possivelmente à Linha 14 que virá e vai sair de Santo André, cortar a zona leste de São Paulo e terminar em Guarulhos”, afirmou Tarcísio.

A cerimônia na região do ABC ainda reuniu o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Marco Antonio Assalve, o presidente da CPTM, Pedro Moro, deputados, prefeitos e vereadores. O anúncio estadual coincidiu com o 471º aniversário do município de Santo André.

O projeto básico da estação ABC será contratado pela CPTM, com prazo de 18 meses para conclusão. Depois disso, o Estado poderá estabelecer os cronogramas de abertura das licitações para o projeto executivo e execução das obras.

Com demanda estimada de 15 mil passageiros por dia, a estação ABC ficará entre as estações Santo André e Capuava da Linha 10-Turquesa. Futuramente, ela também será integrada à Linha 14-Ônix, interligando Santo André a Guarulhos.

“A retomada dos estudos e projetos para reativar a Estação ABC é um passo importante em direção a um sistema de transporte público mais eficiente, acessível e integrado para todos. A nova estação será uma solução para a mobilidade de 15 mil passageiros diariamente e que terá um impacto positivo em toda a rede de transportes”, declarou o secretário de Transportes Metropolitanos.

O Governo de São Paulo ainda faz análises preliminares para que a estação ABC integre o futuro projeto do Trem Intercidades entre a capital e a Baixada Santista.

“A futura estação ABC será estratégica para o município de Santo André captando novas demandas, desafogando a estação central, potencializando o intenso desenvolvimento urbano da região, propondo a implantação de empreendimentos associados e incentivando as atuais e futuras atividades comerciais”, afirmou o presidente da CPTM.

A estação será 100% acessível e terá itens de conforto e segurança aos passageiros como escadas rolantes e elevadores, além de bicicletário gratuito – mediante cadastro, como ocorre nos demais locais que oferecem o serviço.

Sobre a CPTM

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos é uma operadora de transporte ferroviário de passageiros, com 1,6 milhão de passageiros transportados por dia útil e percurso somado de 65 mil km em cerca de 1,7 mil viagens. A CPTM atende a população de 18 municípios, incluindo a capital.