Cícero Lucena entrega mais de 500 carteiras estudantis gratuitas para alunos da Rede Municipal de Ensino

O prefeito Cícero Lucena entregou, na manhã desta terça-feira (9), mais de 500 documentos estudantis gratuitos dentro do Programa Carteira Solidária 2024, numa parceria das Secretarias de Educação e Cultura (Sedec) e de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP). A solenidade aconteceu na Escola Municipal Fernando Milanez, no bairro de Gramame.  

“Uma emoção que Deus está me proporcionando, juntamente com a minha equipe, da gente ter a sensibilidade de identificar ações, de cada dia melhorar a educação de João Pessoa. Fazer essa inclusão dos nossos jovens da rede municipal, a partir do 4° ano, ter o acesso à carteira de estudante gratuita, para que ele possa pegar o transporte coletivo, participar de eventos culturais, ter a chance do registro como cidadão, é algo que só temos a agradecer a Deus”, afirmou Cícero Lucena.  

Na versão 2023, o programa beneficiou 31.046 alunos do 5º ao 9º ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede municipal. Este ano, deve contemplar mais de 35 mil estudantes, já que o projeto foi ampliado para atender também aos alunos do 4º ano. O cadastro para ter direito à Carteira de Identificação Estudantil (CIE) de forma gratuita é feito na própria escola em que o estudante estiver matriculado. A coleta de informações prossegue até que todos os alunos estejam cadastrados.  

“Essa é mais uma ação que mostra o cuidado da Prefeitura, de proporcionar para toda rede de educação o fardamento, professor qualificado, escola reestruturada, sala climatizada, transporte para criança com deficiência, o ônibus para o bairro que ainda não tem direito ao ônibus, e trouxe agora a carteirinha. Então, são muitas ações e, sem dúvida nenhuma, isso traz a melhoria da qualidade do ensino, onde os meninos têm a oportunidade do lazer, da cultura e aprendem muito mais”, afirmou a secretária de Educação e Cultura da Capital, América Castro.  

O Programa Carteira Solidária dá todo o apoio logístico no atendimento aos estudantes que estão requerendo o documento gratuito. O secretário Rougger Guerra lembra que o cadastro com os dados pessoais e escolar deve ser preenchido de forma correta. “Cada escola, através de seus gestores, coleta todas as informações do aluno, com foto, e lança em um sistema próprio do Procon-JP, que manda para a elaboração das carteiras. Cada escola entregará na sua própria diretoria o documento de identificação estudantil”, explicou.  

Objetivo – Com recursos financeiros do Fundo Municipal de Defesa dos Direitos Difusos (FMDDD), o objetivo do Programa Carteira Solidária é garantir que os estudantes do município tenham acesso ao desconto de 50% nos eventos culturais, fazendo valer o ingresso de meia-entrada em todos os segmentos culturais e desportivos da Capital. O documento garante, ainda, o benefício da meia passagem no transporte público da Capital e na passagem intermunicipal.  

“É uma ótima oportunidade para todos nós, alunos, para termos acesso ao transporte público e a vários benefícios. Isso, com certeza, vai nos ajudar muito, queremos agradecer e dizer que vamos fazer bom proveito”, afirmou o aluno Tomaz Jeferson.