Homem é preso com rifa para sortear revólver, pistola e fuzil em SP





Indiciado é suspeito de criar um sistema de venda ilegal de armas por aplicativo de mensagens



Um homem de 36 anos foi preso em São Paulo suspeito de usar rifas para vender ilegalmente pistola, revólver e até fuzil e, assim, lucrar o comércio ilícito. A divulgação e os sorteios aconteciam por meio de aplicativos de mensagens na internet. O suspeito foi preso no último dia 27 em uma ação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), no Jardim São Luís, na zona sul.

Por meio das investigações, os policiais identificaram que o suspeito usava aplicativos de mensagens para divulgar a venda das rifas, principalmente, em grupos com dezenas de participantes. Com as informações do comércio ilegal e criminoso, os agentes solicitaram à Justiça mandado de busca e apreensão nos endereços relacionados ao homem.

As equipes foram em cinco locais diferentes. O suspeito acabou detido em uma casa no Jardim Monte Azul. No local, os policiais encontraram três pistolas, 143 munições e 121 cartelas de rifas. Todo material foi apreendido. Conforme o Deic, o investigado “usava os sorteios e a venda ilegal de armas como meio de vida”, com pagamentos por meio de transferências bancárias.

O homem foi encaminhado à delegacia, onde permanece à disposição da Justiça. O caso foi registrado como comércio ilegal de arma de fogo e cumprimento de mandado de busca e apreensão, na 1ª Disccpat, do Deic.