Governo de SP conhece novo projeto de ampliação do aeroporto de Congonhas





O local vai contar com um novo terminal e o investimento de R$ 2 bilhões deve influenciar positivamente no turismo paulista



A entrega está prevista para 2028, mas os passageiros já poderão ver melhorias no local em 2024

A Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur-SP), por meio do secretário Roberto de Lucena, participou na segunda (25) da apresentação do projeto de ampliação e melhorias do Aeroporto de Congonhas. O local vai contar com um novo terminal de passageiros e um investimento de R$ 2 bilhões.

A Aena, empresa responsável pela administração de Congonhas e de mais dez aeroportos espalhados no Brasil (MG, MS e PA), apresentou ao governador Tarcísio de Freitas e demais autoridades o planejamento de remodelação do local.

O investimento prevê mais acessibilidade, novas pontes de embarque, áreas mais amplas no embarque, saguão e check-in, nova saída rápida na pista para reduzir atrasos nas operações, requalificação de pistas e pátios, melhorias no acesso viário, bolsão de carros de aplicativos e de locadoras, praça pick-up para embarque em carros de app, acesso direto ao metrô (linha 17 ouro que está em construção), terminal de passageiros com 105 mil m2, área exclusiva para embarque e desembarque e mais.

Segundo o secretário de Turismo e Viagens, Roberto de Lucena, as obras são importantes para o setor, pois vai impactar diretamente no crescimento do fluxo turístico. “Congonhas é o segundo aeroporto mais movimentado do país, com atuais 22 milhões de passageiros. As melhorias vão gerar um aumento de aproximadamente sete milhões de passageiros, atingindo 29 milhões.”, afirmou.

A entrega está prevista para 2028, mas os passageiros já poderão ver melhorias no local em 2024. Ainda este ano serão feitas entregas como a fachada do aeroporto, a reforma dos banheiros, ampliação das salas de embarque em que o passageiro tem que pegar ônibus para embarcar no avião e ampliação das vias de acesso.

O Aeroporto de Congonhas é considerado a 1ª ponte aérea mais movimentada em assentos ofertados na América Latina, com 230 mil operações de voo, é o 3º doméstico mais conectado com mais de 65 rotas nacionais e o 7º mais movimentado em número de passageiros totais da AL, com 22 milhões de passageiros anuais.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap